domingo, 14 de fevereiro de 2010

Evoluções Semanais...


De Baby Su:
Já fica na posição de engatinhar, mas parada, apenas se projetando pra frente e pra trás (sem tirar o joelho do lugar). Em compensação, está se rastejando para onde quer, e isso bem rápido.
Começou a jantar em casa oficialmente no dia 13. (Na escolinha já está jantando desde o dia 08).
7,465 kg; 70 cm.
A pediatra confirmou que a gengiva está inchada... e que venham os dentes!

De Mami Lu:
Foi acometida de uma tendinite na mão esquerda, sem motivo aparente. Devido a isso, bateu ponto 3 vezes no hospital, tomou injetáveis para dor 2 vezes, usou 3 tipos de imobilizadores diferentes e teve sua aliança arrancada na marra pelo especialista-arrancador-de-alianças, o Zé (técnico de gesso)...rs.
De atestado há vários dias, só tá dando pra catar milho no computador de casa...
Foi avisada que seu setor será extinto em breve e será demitida. Há uma terceirização em vista, mas tudo está ainda nebuloso, sendo assim fica difícil emitir um parecer concreto... e que venha a vontade de Deus!

De Papi Wind:
Foi promovido à "pãe" por tempo indeterminado, já que Mami Lu não pode segurar Baby Su. Cartelas vazias de Dorflex tendem a aparecer na lixeira com mais frequência. E que venha mais um feriado prolongado! video

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Evoluções da Semana Passada (e Retrasada Também - Atraso Técnico...rs):



.........................com bico armado e olhar magoado


1) Baby Su fica ressentida quando dizemos "não" para ela em tom sério:

- Não po-de se virar na hora de trocar fralda! Ai-ai-ai!
- Não po-de brincar com o bico da mamadeira!
- Não po-de se balançar na hora de limpar o nariz!
- Não po-de fechar a boquinha, tá na hora da vitamina!

Pronto. Tá armado o bico. Os olhinhos se enchem de água e ela é capaz de manter aqueles olhos alagados por muito tempo...e fica encarando, esperando uma reação de: "Owwwwnn!"
Ô coisinha craque em fazer cara igual à do gatinho do Shrek!
Igual, não; pior! Porque tem o adendo do bico e do olhar triste.
Difícil é resistir bravamente e não pegar no colo, beijar, morder...
Se os "nãos" continuam, aí vem o choro. Bom, com a boca aberta dá pra pelo menos dar a vitamina, tacar o leite goela abaixo, tirar o que é preciso do nariz (já que ela chora parada, como uma lady - ainda não se estrebucha nem dá piti). Ufa! Ela chora por ser contrariada, mas o colinho vem depois... e ela esquece o caso. Ufa, ufa e ufa!

2) Dá gargalhadas pra dentro. Muito engraçado como ela aprendeu a fazer isso.

3) Coloca a língua entre os lábios, sopra e faz algo entre o "prrrrrr" e o "trrrrrr".

4) A baba virou um fluxo contínuo e não tem pano que dê conta da generosa "produção".

5) Está revelando suas preferências de banheiro...tem se recusado a fazer o número 2 na escolinha. Espera para fazer tudo a que tem direito na paz do lar...rs

6) Dá gritinhos de alegria quando se vê no espelho. Antes ela apenas sorria.
video

Domingo de Colo em Colo














Igreja, piscina, bolinhas de sabão, 2 banhos de chuveiro. Um dia deveras agitado, com muita água para espantar o calor e muito colo disponível!

Coisas que Você Aprende 6 Meses Depois de se Tornar Mãe/Pai:


- Que não se deve dar bola para as senhorinhas idosas semi-desconhecidas que sempre acham que seu bebê não está agasalhado o suficiente, mesmo que ele esteja suando em bicas por causa do calorão;
- Que fralda de marca boa não é frescura, mas é economia de água, sabão, alvejante, luz e tempo (que vc fatalmente perderia se insistisse em uma marca "meia boca");
- Que você sempre vai receber críticas por: deixar o bebê com babá/deixar na escolinha/deixar com a avó/sair do emprego para se dedicar só ao bebê. É impossível agradar a gregos e a troianos;
- Que filtro solar é necessário, sim, mesmo que esteja nublado;
- Que babadores com botão de pressão são os melhores. Modelos com laço são muito demorados para colocar e tirar, além do risco do nó se apertar e incomodar o bebê; modelos com velcro são tristes, às vezes o velcro pega no tecido do próprio babador e estraga muito rápido. Aliás, outra descoberta:
- Que velcros têm prazo de validade;
- Que mamão mancha demais!
- Que de 3 a 6 meses os bebês crescem pouco e dá pra usar as roupinhas por mais tempo;
- A exercitar o desapego material: sim, aquela roupinha lindíssima, caríssima e chiquetosa vai ser usada apenas umas 3 vezes e depois o bebê vai perder;
- A fazer um checklist básico no conteúdo da malinha do bebê todos os dias para que não falte nada na escolinha.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Clip do Doki


http://www.youtube.com/watch?v=5a877Hu8pBQ

Baby Su ama esse comercial...aliás ela sempre ri quando aparece esse personagem.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Impressões Sobre a Nova Fase



No primeiro dia eu fiquei sem saber como foi na escolinha porque fomos pegá-la e ela estava dormindo...rs. Mas as educadoras falaram que ela se comportou bem e há de se acreditar nelas, né?
No segundo dia (hoje) ela estava acordada e quietinha, peguei no colo e ela pareceu que nem estava ligando para o fato de que já estava na hora de ir pra casa. Aí o Papai pegou a pituca no colo pra eu poder pegar a agendinha dela com a moça do berçário e ela chorou pra voltar pro meu colo...rs
Mas ela tá aprendendo coisas novas: ontem começou a beliscar a própria barriga (não entendi) e hoje está fazendo barulhos com a língua...e se a gente imita ela continua...rs

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Primeiro Dia na Escolinha


Ela ficou de 7:30 até 15:00.
Foi bem estranho... ela não chorou e pareceu bem, deixei no colo da tia e fiquei uns minutinhos falando sobre o leite que ela tem que tomar, falando do material na mala dela, papi Wind tirou uma foto com o celular dele etc... e então eu saí correndo pra ela não me ver indo embora (embora isso seja pedagogicamente abominável, mas não deu pra segurar). Depois o Wind me levou ao trabalho, que ainda estava de portas fechadas. E eu sentei na padaria ao lado, comi um misto quente e chorei...rs
Pra deixar em casa com babá não chorei, mas pra deixar em escolinha a conversa é outra...
Porque no fundo, no fundo... eu não queria deixar ela em um lugar estranho.
Vai ser bom porque ela vai ver outros bebês, vai ter uma alimentação bem variada, vai aprender a ter horário pra comer e pra fazer as coisas...
Agora ela vai ter que aprender que hora de comer é hora de comer e não pode ficar se enrolando na refeição senão perde a vez. Comigo ela tava demorando demais, comendo cada refeição " a prestação", o que eu não acho bom.
Mas por outro lado eu não queria que ela ficasse propensa a viroses e tão longe de casa...
Bom, mas a gente se acostuma...tem que se acostumar, né?
E passou o primeiro dia... as tias escreveram na agendinha que Baby Su se comportou bem.

Fechando um Ciclo



Ó último dia da babá, Dna Deja, foi ontem.
Ela deixou de ser babá e agora voltou a ser só a mãe do tio Marcelo. Com isto, encerrou-se mais uma etapa na vida de Baby Su. Semana que vem começa outra história.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

A Bela Acordada


Janeiro foi um mês mega agitado. Depois de muitas aventuras, chegou ao fim...and last but not least...Todo mundo capotado nesta tarde calorenta de domingo (31)...e só Baby Su na ativa...rs